Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Misty Gloss

Primer First!!!

Andreia, e o Primer? Para que serve? Qual o melhor?

Devem ser as perguntas que mais ouço em todas as formações de maquilhagem!

Existem no mercado variadíssimos exemplos, a vários preços e de várias marcas! Deixo-vos aqui algumas opções, que tenho usado mais! E vou deixar-vos algumas dicas para escolher a melhor opção para cada uma de vós.

corretores.jpg

 

1 – Decidir o que é que pretendem que o Primer faça!

Minimizar rugas? Poros? Manchas? Brilhos? Rosácea?

Não há um Primer que anule todas as imperfeições (era bom, mas não existe), então temos que optar pelo que mais queremos minimizar. Há opções no mercado que conjuga duas situações, por exemplo minimizar poros e brilhos, matificando a pele. Mas geralmente, o Primer corrige apenas uma imperfeição.

 

2 – Que tipo de pele tem?

Oleosa, mista ou seca? Cada primer tem uma composição e textura diferente, logo reage de forma diferente na pele.

 

E como se aplica o Primer?

A quantidade de Primer a usar é muito importante, deve ser equivalente ao tamanho de uma ervilha, não mais. Uma quantidade exagerada de Primer não vai deixar absorver a base, corretor, etc. Provocando a acumulação de produtos em ruguinhas de expressão ou mesmo sentir a base desfazer-se.

A aplicação deve ser feita de forma semelhante à que aplicam o hidratante, de forma suave e de dentro para fora do rosto. Com leves batidinhas na zona dos olhos, usando o dedo anelar de forma a ser muito suave.

Devem deixar secar bem o primer antes da aplicação de corretor e da base, podem avançar para a maquilhagem de olhos, por exemplo, enquanto aguardam que o primer fique bem absorvido.

 

O Primer não substitui o hidratante. O hidratante nutre a pele e deixa-a saudável. Alguns primers têm propriedades hidratantes, mas o propósito principal deles é fazer a base durar mais e não tratar a pele.

 

Qual é o vosso preferido?